domingo, 2 de janeiro de 2011

O Dogma da LASANHA


Dentre todos os tipos de preconceitos existentes, o mais silencioso e talvez por isso o pior deles, é o preconceito alimentar. Só eu sei o quanto sofri e ainda sofro e o quanto isso contribuiu para que eu me tornasse uma pessoa reprimida, com um medo enorme das represálias provenientes deste meu jeito de ser. Ainda me lembro da primeira vez em que fiz essa revelação ao mundo, e sinceramente não sei se me arrependo ou não. Talvez pudesse conviver com isso sem ter de confessar, arranjaria maneiras de me esquivar, fugir do problema... Porém, o que está dito, está dito e não sei se você, meu amigo, fechará a humilde janelinha deste blog em seu computador depois de saber o que muitos já sabem e não conseguem aceitar: EU NÃO GOSTO DE LASANHA. (Eu sei, caro leitor, você está chocado e dizendo: COMO ASSIM ELA NÃO GOSTA DE LASANHA?) Provavelmente acabarei só pelo resto da vida após esse episódio, mas vamos lá. C'est la vie.
Dizer a alguém que você não gosta de lasanha é quase como dizer que você é a favor do aborto, ou que injeta heroína. As pessoas ficam boquiabertas, esbravejam, custam a acreditar e frequentemente reagem dizendo a seguinte frase: ''Isso é porque você não provou a que a fulana faz, é de dar água na boca!''. Rejeitar esse alimento é quase que um sacrilégio. Parece até o 11º mandamento - e Deus disse: COMERÁS LASANHA. Pronto. Se você por algum acaso do destino tem aversão a esse famoso prato, você nada mais é do que um herege, my friend. É assim que funciona, acredite! Você vai arder no inferno da culinária!
A partir do momento em que essa revelação é feita sua vida social se desfaz em mil pedacinhos. Seus amigos vão te excluir do orkut, te bloquearão no msn e você nunca mais será chamado para comer na casa de ninguém. É o juízo final. Almoço na casa da tia no domingo? Esquece, tem lasanha. Vai conhecer a sogra? Rá, pode ter certeza de que ela vai preparar uma lasanha especialmente pra você (cuidado ao rejeitar lasanha de sogra, cuidado). Sua amiga aprendeu a cozinhar? Lasanha. Passou no vestibular? Lasanha. Precisa fazer uma jantinha rápida? Sua mãe certamente comprou caixas e caixas de lasanha de microondas, afinal são deliciosas e práticas! E vai dizer pra esse povo todo que simplesmente o sabor desta massinha com aquele molhinho não te apetece? Você passa a ser um indivíduo rejeitado na sociedade. As pessoas te isolam. Te olham estranho. Comentam pelos cantos. Sua vida vira um inferno, relacionamentos se desfazem e até seus pais condenam a sua escolha. E assim será pelo resto de seus dias.
Sim, amigo leitor, esse é o drama da minha vida. A cruz que eu tenho de carregar. E não, não adianta dizer que a lasanha da sua mãe é boa, que eu vou gostar, porque não cola. Eu detesto lasanha e estou pronta para ser apedrejada em praça pública.
Morrerei pelo direito de optar pelo arroz e feijão.

Amém.

3 comentários:

  1. amei *-*
    não estou tão surpresa porque sempre soube deste seu distúrbio , haha mas tudo bem .
    você escreve bem pelo menos hihi
    Supimpa (:

    ResponderExcluir
  2. Mas é completamente concebível, afinal quem gosta de ração sabor carne... sem mais

    ResponderExcluir
  3. Renata disse:
    ração eh bem melhor q lasanha
    okey?

    ResponderExcluir